"Como assim quem sou eu? Eu sou a inovaçao. Não me conhece?"

Acabei de sair de um supermercado e fiquei pensando sobre uma pratica comum em todos os supermercados do planeta: Caixa Rápido para compras pequenas. Pensando sobre isso entendo que a existência do caixa rápido é para agilizar o atendimento para uma parte dos clientes do supermercado, correto? Até ai tudo bem. Criar serviços para tornar o atendimento mais rápido é algo fantástico, mas o problema é que quem esta sendo beneficiado com isso são os consumidores que compram pouco.

Nesses caixas somente são atendidos clientes com menos de 10 itens em seus carinhos. Quando constatei isso olhei para meu carinho e calculei que gastaria cerca de R$ 220,00 com os 30 a 40 produtos que estava levando. Na fila ao lado (caixa rápido) uma senhora estava levando 5 itens e o valor da sua compra não chegaria a R$ 15,00. Do momento desse pensamento até colocar as compras no carro demorei mais de 40 minutos, pois na minha frente havia outros 5 clientes, todos com os carrinhos cheios.

Quando já estava indo para casa pensei o seguinte: Aquela senhora que comprou R$ 15,00 deve estar na sua casa a mais de 40 minutos e eu perdendo o meu tempo aqui. Já dirigindo me veio o seguinte:

  •  Por que nenhum supermercado do planeta pensou em criar serviços para clientes que compram muito?
  •  Por que não existe plano de fidelidade para clientes que valorizam um determinado supermercado?

Não vemos nenhum serviço diferenciado para ninguém. A rede de supermercados Modelo (que na minha opinião esta perdida estrategicamente) tem um cartão de credito próprio onde quem utiliza esse cartão ganha descontos em determinados produtos. Desconto significa perda de margem. Lucros menores e clientes insatisfeitos, pois os descontos acontecem em alguns produtos determinados pela empresa e não pelo cliente. A rede BigLar que esta infinitamente melhor posicionada estrategicamente que o concorrente Modelo, também ainda não criou serviços diferenciados para clientes que fazem compras com maior numero de itens.

Se formos analisar tendência de consumo para os próximos 10 anos fica claro que as pessoas cada vez mais vão consumir produtos de pequenos e médios mercados próximos de suas casas. Compras rápidas e pequenas. Isso acontece por que:

  • as pessoas vivem cada vez mais sozinhas;
  •  as famílias estão cada vez menores;
  • alimentação fora de casa se torna uma opção pratica e rápida;

Se analisarmos a situação por esse prisma logo, logo a minoria dos clientes em supermercados serão os clientes de grandes compras, e o que esta sendo feito para cuidar desses clientes?

Segundo Pareto, 20% dos clientes de maior faturamento rendem 80% do faturamento total da maioria das empresas.

Estou citando o exemplo de supermercados, mas poderia falar de postos de gasolina, loja de móveis, farmácia e outros. Onde esta a inovação?

Porque depois que você compra um medicamento em uma farmácia o balconista NUNCA liga em sua casa para perguntar se você esta bem, se necessita de outro medicamento ou se simplesmente esta feliz. Em vários setores a inovação esta morrendo e isso só vai mudar quando alguma empresa acordar e fizer algo novo. Nesse momento todos vão seguir a “nova tendência” ditada por alguém que não fez nada de fantástico. Simplesmente parou para pensar.

Como diria o Bradesco em sua ultima propaganda “2000 inove.”

 

wendell carvalho - vai, vai, vaaaaaiii


2 comentários:

Sra. Sam disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sra. Sam disse...

é mais fácil empurrar goela abaixo do freguês... afinal, quantas opções temos aqui em cuiabá de lugares bons? isso é resultado da falta de concorrência... e falta de preparo de alguns funcionários também, pois já fui pessimamente atendida no referido supermercado... só não generalizo porque também já fui bem atendida. fazer compras é uma loteria...
nem vou comentar sobre os descontos de 0,02 centavos pra qem tem o tau cartão. acho que o desconto máximo que peguei foi de 0,10 centavos... =/

Postar um comentário

Navegação