Atendimento das Pequenas - Detonando a GOL e a TAM.

Atendimento normal: Passar com um sorriso amarelo, informar as normas de segurança do vôo. Entregar barras de cereal, depois amendoim e servir suco. Abrir as portas e outro sorriso amarelo. Pronto esse é um atendimento normal e totalmente commodity que acontece nas maiorias das Cias Aéreas.

Mas existe algo diferente acontecendo nos céus brasileiros... Algumas semanas atrás fiquei “sem ação” com o atendimento da TRIP, companhia aérea que aposta em rotas mais específicas e com concorrência menor.

Esse vôo que mostro nas fotos, foi Cuiabá - MT para Ji-Paraná - RO.

Logo que entrei no vôo percebi que algumas cadeiras estavam trocadas, pois a equipe de terra da TRIP tinha trocado 2 ou 3 poltronas. Os passageiros começaram a colocar uma pressão enorme nas duas comissárias, e elas com uma classe fora do comum, organizaram toda a situação.


Depois disso antes de levantar vôo elas vieram trazendo pequenos chocolatinhos (em um ato que queria dizer boa viagem e desculpa pelo clima que foi criado logo no embarque).

 Decolamos.

 No serviço de bordo recebemos uma entrada (toscas barrinhas de cereais e amendoim) achei que o serviço ficaria por ai mesmo ... mas elas voltaram com uma prato quente delicioso. No momento de servir o sorriso no rosto das comissárias parecia ser de orgulho por estar nos brindando com aquela delícia. Depois do prato principal, vamos dizer assim, veio à sobremesa. Uma espécie de chocolate com recheio cremoso. Muito bom. Ai quanto menos esperava, da-lhe cafezinho feio na hora.

 Depois disso tudo chamei a comissária para parabenizá-la pelo serviço, mas foi nesse momento que a mulher que estava sentada a minha frente a chamou para perguntar se no avião havia algum fraldario para que ela pudesse trocar o seu filho.

 A aeromoça mudou a feição na hora.

Mostrando uma empatia fora do normal ela disse:

 “Desculpe, mas não temos fraldário em nossa aeronave. A falta de fraldário é um problema recorrente em todas as aeronaves brasileiras. Se ajudar eu posso sentar do seu lado e lhe ajudar na troca da fralda. Isso será um prazer para mim”   

 Meu amigo, naquele momento eu tive o desejo que todos no vôo ouvissem aquilo. Do outro lado do corredor um senhor de terno me olhou com a mesma feição que devia estar no meu rosto, algo do tipo: “Você ouviu isso”. Sem falar nada demos um sorriso em sinal de reverência a aquele atendimento que estava acontecendo frente a nós.

 Simplesmente incrível.

 Atendimento é isso o resto é farofa.


2 comentários:

Anônimo disse...

Aeronaves brasileiras = aeronaves fabricadas no Brasil ou aeronaves operadas por cias. aéreas brasileiras?
Toda a frota da Gol tem fraldários num dos banheiros traseiros, assim como a da TAM.

Wendell Carvalho disse...

Ai não seu te falar ... só relatei o que ouvi da aeromoça. Vou verificar essa sua informação.

Postar um comentário

Navegação